OKupa

O evento A Juventude OKupa a Cidade (OKupa) foi realizado pela primeira vez em 2011, a partir da iniciativa do Observatório da Juventude da UFMG (OJ) – núcleo de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais – com a colaboração do Fórum das Juventudes da Grande BH (Fórum). O OJ identificava a necessidade de oferecer espaço abertos de discussão das juventudes, sobre temas de seu interesse e especialmente sobre os direitos juvenis e as Políticas Públicas de Juventude (PPJ). O oKupa consistia fundamentalmente em um evento, com formato de debate, em que jovens da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), junto a representantes da academia, do terceiro setor, do poder público e da sociedade civil organizada levantavam temas de relevância para as juventudes, para que fossem debatidos, suscitando reflexões e proposições.

A partir da sua quarta edição, em 2013, o OKupa passou a ser produzido pelo Fórum e veio se consolidando como uma das suas ações prioritárias pautando como temas permanentes o direito à cidade e a livre expressão política, artística e cultural das juventudes nos espaços públicos da RMBH. Em 2013 o Okupa passa ser uma ação de mobilização, formação, comunicação e incidência política, contando com um longo processo de construção colaborativa junto a grupos e coletivos juvenis da RMBH, tendo como culminância o dia do evento. As últimas edições tiveram duração de aproximadamente 10 meses e discutiram temas variados relacionados aos direitos juvenis e às PPJ.

O OKupa vem cumprindo papel importante no campo da cultura e da participação política das juventudes, ao valorizar e dar visibilidade às intervenções artístico-culturais e políticas de grupos e coletivos  juvenis, especialmente das periferias da cidade, bem como ao possibilitar espaços de formação e articulação em rede a essas/esses jovens.